007 contra Goldfinger (Goldfinger, 1964)

Muitos consideram este o melhor filme de James Bond. Não sei se é o melhor, mas com certeza absolura está entre os 5 melhores, e sem dúvida trata-se do melhor filme de 007 tendo como astro o escocês Sean Connery. Goldfinger tem todos os elementos que caracterizam um autêntico filme de Bond: um grande vilão (o ator alemão Gert Frobe, excelente como Auric Goldfinger, um milionário trapaceiro fanático por ouro), belíssimas mulheres (como a bondgirl Pussy Galore), um assecla de classe como Odjob (Harold Sakata, o coreano que aniquila suas vítmas à distância com sua cartola de aço) e, várias cenas memoráveis, como a disputa de golfe entre 007 e Goldfinger, a demonstração deste em sua casa sobre como pretende “assaltar” o Fort Knox nos EUA e ainda a disputa final entre Bond e Odjob em que este morre eletrocutado.

Neste filme, o terceiro da série, Sean Connery parece atingir o ponto exato da interpretação de Bond e atua extremamente à vontade, esbanjando confiança e domínio completo sobre o personagem. Com certeza a direção de Guy Hamilton contribuiu muito para isso (considero Hamilton o melhor diretor dos filmes de Bond, seguido por John Glen). Isso sem falar na exuberante música-tema interpretada por Shirley Bassey. Enfim, 007 contra Goldfinger é diversão garantidíssima e tem apenas um defeito: passa muito rápido (é um dos filmes mais curtos de toda a série, não chegando a 01h50 min de filme).

Nota 8.5 – ****

Veja abaixo o trailer original do filme (em inglês)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: