Mad Max (Mad Max, 1979)

madmaxposterPara mim este é um clássico dos filmes de ação estilo “Road Movie”. Mad Max lançou Mel Gibson para o estrelato e teve sua produção rodada na Austrália (que não é o país natal de Gibson como pode parecer; ele mesmo “provou” isso rodando O Patriota em 2000). O filme é um prato cheio para quem curte carros envenenados, muita violência e aquele velho enredo do cara que se vinga dos que mataram sua família. Porém, o diretor George Miller (que depois faria também os outros dois filmes da trilogia) soube muito bem envolver o espectador com uma trama simples, porém de muita ação e com personagens marcantes.
 
Max Rockatansky é um policial rodoviário que, junto do seu parceiro de viatura, persegue os infratores das estradas australianas, representados por punks drogados, gangues de motociclistas e afins. Na trama, o parceiro de Max é jurado de morte pela gangue de motoqueiros (morte esta que acaba mesmo acontecendo) e Max se envolve ainda mais com os caras, inclusive colocando em risco sua família (não vou contar mais porque senão perde a graça prá quem não viu). Impressionante como Gibson está “novinho” neste filme (ele tinha apenas 23 anos !!!) e também como os produtores ganharam dinheiro, porque a fita custou apenas 400 mil doláres e arrecadou mais de 100 milhões (o que motivou o lançamento do restante da trilogia, os outros dois filmes). Um filmaço sem dúvida, marcante e que sempre prende minha atenção quando revejo. Recomendo.

Nota 8.5 – ****

Veja abaixo o trailer original do filme (em inglês)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: