Nunca é tarde para amar (I could never be your woman, 2007)

Michelle Pfeiffer (Ligações Perigosas, Batman – o Retorno) é Rosie, produtora de uma série teen de TV que está com problemas de audiência. Para tentar alavancar o ibope ela precisa o mais rápido possível de algo que cative os telespectadores mais jovens, senão a diretoria da emissora ameaça tirá-la do ar. É aí que aparece Adam (Paul Rudd), sujeito engraçado e autêntico que faz teste para viver um nerd no seriado e acaba ganhando o coração de Rosie.

O filme é dirigido por uma mulher, Amy Heckerling, que estava longe da direção há 7 anos mas que hà algum tempo fez algumas comédias razoáveis, como Olha quem está falando e As patricinhas de Beverly Hills. Nunca é tarde para amar é uma comédia sobre o próprio show-bizz hollywoodiano, mas ao longo do filme essa busca por dar “lição de moral” acaba desvirtuando um pouco a coisa e o filme acaba não entretendo tanto e, ao mesmo tempo, se encerra sem autoridade para questionar o que procura criticar.

Veja abaixo o trailer original do filme (em inglês)


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: