Filme de monstro que ataca Nova York quebra recordes de bilheteria nos EUA em janeiro

Após fazer de 2007 o ano com a maior bilheteria em todos os tempos, a indústria do cinema já inicia 2008 quebrando recordes. Graças às expectativas geradas na internet e às boas críticas que recebeu antes mesmo de estrear, Cloverfield bateu todos os recordes de bilheteria em janeiro nos EUA. A bilheteria de abertura de sexta a domingo – 40 milhões de dólares – superou a de Star Wars: Special Edition (US$ 35,9 milhões em 1997). O feito é ainda mais impressionante se considerarmos que Cloverfield tem orçamento de apenas US$ 25 milhões, valor modestíssimo para os atuais blockbusters produzidos em Hollywood.

No longa-metragem, produzido por J.J. Abrams (Missão impossível 3) e dirigido pelo novato Matt Reeves, cinco jovens nova-iorquinos, que se reúnem para uma festa de despedida, assistem à chegada a Manhattan de um monstro do tamanho de um arranha-céus. O filme é inteiramente rodado com câmeras digitais caseiras, como se fossem a perspectiva da população (como foi feito com A Bruxa de Blair). A estréia do filme foi adiada para 8 de fevereiro no Brasil.

Outra estréia ficou na vice-liderança de bilheteria americana no fim-de-semana – a comédia romântica Vestida para Casar (27 Dresses), estrelada por Katherine Heigl (que já fez sucesso ano passado em outra comédia, Ligeiramente Grávidos), e que faturou US$ 22,7 milhões. A estória acompanha Jane (Heigl), uma veterana madrinha de casamentos que nunca achou o homem certo para estrelar um casório todo seu. O pior é que sua irmã está se casando com o sujeito da vida dela, George (Edward Burns). Eis que, na cerimônia, aparece um bom partido, Kevin (James Marsden), que pode acabar com a seca de Jane. A estréia no Brasil acontece na próxima sexta-feira.

O filme campeão da semana anterior, Antes de Partir (The Bucket List), comédia dramática estrelada por Jack Nicholson e Morgan Freeman, caiu para a terceira colocação com US$ 14 milhões, acumululando US$ 41,5 milhões em 4 semanas de exibição. O filme conta as aventuras de dois homens, pacientes de câncer terminal, decididos a realizar tudo o que sempre quiseram antes de morrer. A direção é de Rob Reiner. Na quarta posição novamente marca presença o bom Juno, nova e elogiada comédia dramática do diretor Jason Reitman , que fez mais US$ 9,9 milhões e já soma excelentes US$ 85 milhões de dólares em 7 semanas de exibição. Na estória, uma adolescente (Ellen Page) procura pais adotivos para seu bebê. A estréia desses últimos dois filmes acontece no Brasil no mês que vem, ambos em 15 de fevereiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: