Astros Denzel Washington e Russell Crowe duelam no novo filme de Ridley Scott

O Gângster
(American Gangster)
(Drama, EUA, 2007. Direção de Ridley Scott. Com Denzel Washington, Russell Crowe e Cuba Gooding Jr. Duração 02h37min.)

Nascido em uma família negra e pobre, na Carolina do Norte (EUA), em 1930, Frank Lucas foi ganhar a vida em Nova York, tornando-se um dos maiores traficantes de heroína dos EUA no início dos anos 70. Acumulou uma fortuna estimada em 250 milhões de dólares, foi amigo de celebridades (como o boxeador Joe Lewis), casou-se com a Miss Porto Rico 1970 e viveu para contar sua história – apesar de ter concorrido com nada menos do que toda a máfia italiana no cobiçado mercado de drogas nova-iorquino.

A espetacular trajetória do chefão virou reportagem do jornalista Mark Jacobson e serviu como base do roteiro de Steve Zaillian (A Lista de Schindler), que sustenta o filme de Ridley Scott (Gladiador, Alien – o oitavo passageiro), que tem estréia nacional nesta sexta-feira 25/jan.

Apesar do elenco estrelado e do diretor super renomado, o filme teve apenas duas indicações ao próximo Oscar: melhor direção de arte e melhor atriz coadjuvante para Ruby Dee, veterana atriz de 83 anos que vive a mãe do protagonista, interpretado por Denzel Washington (Por um Triz, Duelo de Titãs). Frank cria um esquema de tráfico de heroína diretamente da fonte de produção, o sudeste asiático, bem no momento em que a guerra do Vietnã estava no auge, no começo dos anos 70, valendo-se de um contato familiar em Bangcoc, capital da Tailândia.

Todos os seus concorrentes vêem morrer seu negócio porque, além de pura, a mercadoria de Frank era barata. Ninguém atrapalhava ele, muito menos a polícia, que prefere receber suborno a perturbar sua atuação. Mas o azar do chefão é que restou pelo menos um policial honesto na região, Richie Roberts (Russell Crowe, de Gladiador e Uma Mente Brilhante), que reúne uma equipe nada convencional, tanto na aparência, como nas técnicas de investigação, e procura chegar à ponta da distribuição da heroína – que está causando mais mortes do que nunca, tanto pelo consumo como pelas disputas para controlar sua venda.

O filme de Ridley Scott é sobre esses dois mundos paralelos, de Frank e Richie. É um duelo à distância, que se constrói num universo completamente cínico, em que a esmagadora maioria dos policiais e mesmo tantos militares que lutam no Vietnã não têm nada de heróis. Ainda em cartaz nos EUA, O Gângster custou cerca de US$ 100 milhões e já arrecadou mais de 223 milhões de dólares em todo o mundo.

Veja aqui o trailer do filme em Quick Time.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: